O Sexto Sentido 1999 – Análise Fílmica

Share on facebook
Share on google
Share on twitter
Share on linkedin

Muito elogiado e responsável por colocar o nome de M. Night Shyamalan no mapa, o “O Sexto Sentido 1999” apareceu como um alento criativo nas necessidades e gêneros de bons filmes no final dos anos 90.

O Sexto Sentido 1999
O Sexto Sentido 1999

Embora o surgimento de “bruxa” tenha sido muito bem-sucedido, aliás, Blair e “pânico” fazem parte dos desaparecidos, podem causar franjas e, ao final da reunião, enfrentam uma reviravolta surpreendente que faz a mente do espectador girar mais burguesia. Mas depois de todos esses sentimentos serem merecidos, ou depois de tantos anos, os críticos acharão algum exagero?


“O Sexto Sentido 1999”, escrito e dirigido por M. Night Shyamalan, conta a história do respeitado psicólogo Dr. Malcolm Crowe (Bruce Willis), que estava com sua esposa após um grave incidente. Anna (Olivia Williams) está longe e o paciente é um jovem.

Cole (Hayley Joel Osman), que se preocupa com as chamadas alucinações, representa a possibilidade de um psicólogo experiente por anos de pagamento de resgate após o fracasso com outro paciente.

O Sexto Sentido 1999 – Roteiro

O roteiro de Shyamalan é obviamente o principal motivo da fama do “Sexto Sentido”. Seu roteiro é inteligente o suficiente para atrair o público para a história e revelar algumas pistas de seu segredo por meio da exibição, sem correr o risco de uma interpretação errada. Na hora certa, ou transforme-os em interferência.

Além disso, é muito importante para Shyamalan estabelecer duas regras que regem a coexistência do mundo cinematográfico e sempre respeitá-las para que o público não se sinta enganado quando o truque for revelado.

O Sexto Sentido 1999
O Sexto Sentido 1999

No entanto, o segredo do sucesso do filme não reside apenas no controle absoluto de Shyamalan sobre a série, mas também na atmosfera especial criada pelo diretor e sua equipe, que pode atrair o público e mantê-lo nervoso a maior parte do tempo. Tempo.

O Sexto Sentido 1999 – Enredo

A estrutura da história e a atuação dos atores também são o conteúdo principal de “O Sexto Sentido”. Bruce Willis está sempre composto, calmo, discreto e nervoso, o que parece absorver sua força.

Ele parece completamente diferente do normal, mais uma vez mostrando seu talento como ator, mas ao contrário do jovem Hayley Haley Joel Osment (Haley Joel Osment) tem uma compaixão sem precedentes, este último pela função.

Por outro lado, Olivia Williams conseguiu transmitir a solidão e a tristeza de Anna através do silêncio e encontrou um raro happy hour ao lado da vendedora que a ajudou a esquecer o marido.

O Sexto Sentido 1999 – Desenvolvimento

Ao contrário dela, Toni Collette demonstrou um desejo por emoções para compreender o universo do filho, demonstrando cabalmente o cuidado e a pressão de Lynn. Uma mãe perturbada que mal sabia como ajudá-lo. Ela parecia estar tremendo o tempo todo.

O Sexto Sentido 1999
O Sexto Sentido 1999

Era óbvio que, quando ela descobriu que Cole estava tremendo e nem sabia o que perguntar, apenas o paciente chorando ficou. A relação entre mãe e filho estabelece outra motivação importante na história, o que prova que Cole reluta em falar publicamente sobre seus problemas, por mais difícil que seja o esforço da mãe.

Portanto, a cena em que ele finalmente consegue falar sobre seu talento é um momento marcante e emocionante, usando a conexão com sua avó para conectar mãe e filho, e liderado por Shyamalan, capaz e sensível – como curiosidade, o diretor sempre desde Desde que se abriu para se tornar o “novo Hitchcock”, ele sempre se considerou o médico de Cole.

O Sexto Sentido 1999 – Análise Final

O diálogo melancólico e aberto com a esposa adormecida efetivamente encerrou a história e secou a mente do espectador, tentando passar o filme em sua mente, em busca do vazio do roteiro.

Ainda há espaço para entusiasmo no breve diálogo de despedida entre marido e mulher, que enfatiza a importância de passar a maior parte do tempo com nossos entes queridos.

O Sexto Sentido 1999
O Sexto Sentido 1999

O primeiro grande sucesso de M. Night Shyamalan não poderia ser melhor. Infelizmente, ele mais tarde foi refém da fórmula em si e continuou a usá-la até transformar a “distorção e deformação” no que era esperado, por definição, o efeito desaparecendo completamente. Este não é o caso. Apesar do exagero, o “sexto sentido” ainda é eficaz, criativo e deve estimular todo o movimento.

Perguntas frequentes sobre o tema:

O que é ter o sexto sentido?

O sexto sentido é uma percepção extrassensorial, que vai além dos nossos cinco sentidos básicos, visão, audição, paladar, olfato, tato. É uma sensação de intuição, que de certa maneira nos permite ter sensações de “clarividência” e até mesmo visões de acontecimentos futuros.

Qual é o sexto sentido do ser humano?

Sempre se diz que os humanos têm cinco sentidos: tato, olfato, visão, audição e paladar. Mas pode ser que exista mais um sentido que nos ajude a interagir com o mundo a nossa volta.

Tem o sexto sentido na Netflix?

Infelizmente não tem mais o Sexto sentido no catálogo da Netflix

O que acontece no final do filme O Sexto Sentido?

O Sexto Sentido teve um dos finais mais surpreendentes de todos os tempos. Mas, como um fantasma, ele nos assombra com uma pergunta há anos sem resposta. Depois da revelação de que o personagem de Bruce Willis, Malcolm, está o tempo todo morto

Qual é o seu sexto sentido teste psicológico?

Testes visuais de psicologia nos ajudam a descobrir algo mais sobre a nossa personalidade. Medos, valores, objetivos e aspirações – o objetivo destes testes é trazer à tona tudo o que possa estar escondido em nosso subconsciente

Espero que tenha tirado boas ideias do post sobre a O Sexto Sentido 1999 , sempre estou trazendo resenhas, resumos e análises interessantes sobre filmes badalados ou até mesmo sobre filmes nacionais que merecem mais atenção.

Gostou do post sobre O Sexto Sentido 1999 – Análise Fílmica?

Continue nos acompanhando e interagindo com a gente, gostaria que comentasse qual filme marcou a sua vida, assim como este foi marcante para mim! irei trazer mais filmes antigos e também filmes que foram marcantes na épica sessão da tarde.

Sua avaliação e sua interação são de suma importância pra conseguirmos trazer o que é interessante pra você leitor!