Se você fosse um aclamado diretor e pudesse dirigir um filme do Batman certamente o faria, certo? Mesmo com a missão de superar as versões recentes (a polêmica de Zack Snyder e a quase unânime de Christopher Nolan)? Isso com menos de um ano para o lançamento? Teria que ser um completo doido varrido para aceitar essa bronca. Ou um gênio?

É por isso que Michael Bay, icônico diretor de filmes como Armaggeddon, Pearl Harbor e Transformers, o homem que atrai milhões de jovens para o cinema todos os verões, já se candidatou a ocupar a cadeira. Nós aqui do HQ Café, como consultores não-oficiais da Warner Bros., recebemos um primeiro rascunho do velho Mike com suas ideias para essa obra-prima, MICHAEL BAY´S THE BATMAN (imagine explosões ruidosas ao fundo). Como o nosso primeiro compromisso é com você, fã do blog, resolvemos compartilhar algumas das nossas primeiras impressões!

Casting

Batman/Bruce Wayne – John Krasinski

Krasinski caiu nas graças do diretor em 13 Horas: Os Soldados Secretos em Benghazi. Um jovem talento da comédia (37 anos, mas quem está contando) que está tentando ingressar no mundo dos filmes de ação, Krasinski é um ótimo para assumir o manto do Cavaleiro das Trevas, mas com aquele ar bem-humorado do Batman ’66. Como bônus, o eterno Jim de The Office seria um perfeito Bruce Wayne: ninguém iria acreditar que o cara é o Homem-Morcego.

Robin/Jason Todd – Shia LeBeouf

O eterno Robin bad boy não poderia ser interpretado por ninguém menos do que o eterno bad boy de Hollywood, que teve a carreira impulsionada pelo Transformers de Bay. Os últimos anos de Shia como produtor de memes e ativista anti-capitalismo devem ajudar ainda o filme a conquistar tanto millennials como os comunistinhas da Quinta Avenida (especialmente se ele usar o elmo VERMELHO).

Asa Noturna/Dick Grayson – Mark Whalberg

Marky Mark tem se dado bem como o novo astro de Transformers e seria o homem ideal para adicionar um pouco de testosterona – que o Michael Bay tanto gosta de demonstrar – ao Dick Grayson. Talvez seja um pouco estranho que o primeiro Robin seja uns dez anos mais velho que Krasinski, mas seria fácil explicar que o pobre Robin teve uma carreira dura como Asa Noturna em seus primeiros anos em Blüdhaven.

Coringa – John Malkovich

Malkovich não é só um ator brilhante, como já há algum tempo se especializou em interpretar todo tipo de gente perturbada, em filmes como Quero ser John Malkovich Red: Aposentados e Perigosos, além de ter sido um ótimo alívio cômico em Transformers. Convenhamos, Malkovich não é só um ator de primeira linha que passaria credibilidade ao novo projeto de Michael Bay, mas tem todo o potencial para ser o Palhaço do Crime definitivo nas telonas.

Alfred – Nicholas Cage

O ator, que já trabalhou com Bay em Con Air, seria perfeito para viver a figura paterna de Bruce Wayne: um veterano ator dramático/action hero passando o bastão para o jovem Krasinski. Além disso, seria uma maneira da Warner Bros. se redimir com ele, que é um entusiasta de quadrinhos, por ter cancelado Superman Lives (e dessa vez ele nem vai precisar usar peruca!).

Comissário Gordon – Dwayne Johnson

O eterno The Rock já trabalhou com Bay e Wahlberg em Sem Dor, Sem Ganho. Seria o ideal para mostrar um pouco do lado marine do comissa, deixando de lado o estereótipo do policial bonzinho, mas limitado, por um ex-boina verde que quebra os meliantes na porrada! Sem contar com a já mencionada testosterona que não pode faltar em em filme do diretor.

Barbara Gordon – Rola

Decidimos que Michael Bay precisa de uma nova musa, e achamos que Rola (atriz que apareceu em Resident Evil 6) é tudo o que o diretor precisa. Além disso, tanto Dawyne como Rola são atores étnicos e, portanto, podem representar uma ótima família (o fato de ambos serem de etnias diferentes não é relevante em Hollywood). Será uma ótima Batgirl no futuro.

Mel Gibson – Harvey Bullock

Agora que o período na geladeira de Mel parece ter terminado, a Warner poderia acrescentar no seu futuro contrato como diretor de Esquadrão Suicida uma participação como Harvey Bullock. Gibson também parece ter envelhecido uns 30 anos, e seria um Bullock perfeito também porque – e eu detesto ser repetitivo aqui – testosterona, amigos, não pode faltar!

Renée Montoya – Michelle Rodrigues

Michelle é sexy, cheia de atitude e uma moça de ação, coisas que sabemos que o diretor é fã. Além disso, Montoya merece um pouco mais do que ser apenas uma policial X-9 que é morta pelo Duas-Caras (obrigado por nada, Nolan!).

Harvey Dent – John Turturro

Outro que tem o potencial para alívio cômico no filme é John Torturro, que já provou isso em Transformers. O ator é capaz de transitar com desenvoltura pelas piadas de xixi, cocô e pum das quais Bay é fã.

Selina Kyle/Mulher Gato – Megan Fox

Megan adora odiar Michael por tratá-la como um objeto de set. Michael adora filmar Megan em posições que ruborizariam o próprio ginecologista da atriz. Essa relação saudável já rendeu películas inesquecíveis como Transformers e Tartarugas Ninja. Apesar de já estar um pouco velha para os parâmetros do diretor (30 anos), a atriz ainda renderia uma boa Mulher-Gato, sem contar que poderíamos ter uma fantástica cena de ação de Megan e Rola se atracando pelos arranha-céus de Gotham City. Não tem como dar errado.

Enredo

Bay já tem algumas ideias para o roteiro, mas ainda tem alguns gaps. A intenção é ir filmando o que falta na hora e depois juntar tudo na sala de edição.

Mansão Wayne, Bruce brinca no quintal em câmera lenta. A casa explode em uma bola de fogo, fazendo a cidade, a quilômetros de distância, tremer e arremessando no ar o infante bilionário. De dentro do poço da casa, o jovem herdeiro dos Wayne, ainda sem saber que está órfão, só consegue ver a bandeira americana, agora com o mastro inclinado pela explosão, tremulando em câmera lenta e um homem em uniforme de exército, que aparece embaçado em primeiro plano. É Jim Gordon. Ele diz:

– Por que nós caímos, Bruce? Para nos escondermos da explosão.

Corta para o presente. O Coringa aparece à frente de uma equipe altamente treinada e altamente sarada de capangas. Eles saem de um furgão e andam em câmera lenta. Entram em um prédio, aterrorizam todo mundo, bla bla bla, e explodem tudo!

Insira aqui piadas xixi/cocô/pum.

Insira aqui mais explosões.

Insira aqui um final grandioso com muitas explosões.

Gordon revela que deixou os Marines e entrou para a polícia inspirado pela determinação do jovem Wayne no dia em que seus pais morreram vítimas da explosão da mansão, criando, assim, um vínculo e amizade com o Homem Morcego.

Piada xixi/cocô/pum.

Fim!

É, parece que vai dar bilhão! E você, o que você achou, mudaria algo? Conte-nos suas ideias!