Então você acha que é o manda-chuva. O topo da cadeia alimentar. O último Bono do pacote. A pontinha de chocolate do Cornetto. O chiclete no fim do Puxa. Melhor eu parar de denunciar minha idade aqui. Enfim, você acha que é o melhor naquilo que faz até que aparece alguém que é melhor do que você. Pior, esse alguém é um bully que gosta de esfregar isso na sua cara. Além disso, é um  babaca que fica dando risada enquanto esmaga a cabeça dos seus amigos com um taco de baseball enrolado com arame farpado que ele chama de Lucille. Não? Bom, talvez só o Rick se sinta assim.

Ao fim da temporada passada, o sobrevivente e seus amigos estavam começando a se sentir invencíveis. Depois de passar o diabo tanto contra os mortos quanto contra os vivos, eles achavam que já tinham pego o jeito desse mundo pós-apocalíptico e nada mais podia afetá-los. Até que Negan veio mostrar que eles estavam errados.

Mas Negan não é só um valentão sorridente. Ele sabe o que está fazendo. Seu objetivo é não só subjugar suas vítimas, mas mantê-las na linha depois que isso acontece. Para Rick e sua trupe, isso quer dizer quebrá-los e fazê-los sentir indefesos novamente. Vemos, não sem alguma decepção, que a demonstração de força do vilão logo no primeiro episódio parece ter funcionado e o antigo xerife ter aceitado que sua vida agora será juntar bens para o assassino de seis amigos. Vamos torcer para ele mudar de ideia em algum ponto da temporada porque senão o seriado vai ficar bem chato daqui em diante.

O antigo xerife parece estar sendo consumido pela impotência diante da superioridade numérica do inimigo, ainda que tenha mentido para ele dando a entender que Maggie teria morrido. De maneira muito similar, Daryl está sendo consumido menos pela tortura física e psicológica a que vem sendo submetido, mas mais ainda pela culpa.

twd-service

Rick e Negan: despertando os instintos mais primitivos.

Esse episódio, portanto, foi feito para demonstrar o a atual fase da relação entre Rick e o líder dos Salvadores. Talvez quem melhor o tenha resumido tenha sido Negan, com sua costumeira eloquência: “eu acabo de enfiar o meu pau na sua goela e você me agradeceu por isso”.

Com seu líder prostrado, outros moradores de Alexandria já estão começando a mostrar que não estão contentes com a situação como está. Embora Michone e Carl não concordem com ele, permanecem fiéis a Rick, mas Spencer Monroe e principalmente Rosita não estão nada felizes e prometem agitar a situação.

Dessa maneira, o episódio cumpre seu papel de estabelecer as bases para o desenvolvimento da temporada mantendo uma tensão interessante, e criar expectativas sobre o que vai acontecer a seguir.

Nota: 7,0 armas perdidas.