A homenagem que o Arquivo do Batman fará ao saudoso Império onde o Sol nunca se põe, o Reino Unido, que agora, igualado à Cártago, entra para história como o Império Romano, o Turco Otomano, o Austro-húngaro, o Asteca, o Maia e o Sacro Império Romano-Germânico, será lembrarmo-nos de quando o Batman foi à Inglaterra encontrar sua contraparte naquele, agora, inexistente país cujo solo está queimando em fogo ou sal.

Na revista Batman #62, de 1950, na história “The Batman of England!, escrita pelo verdadeiro criador do Batman, Bill Finger, desenhada por Dick Sprang e artefinalizada por Charles Paris.

Capa de Batman #62, de 1950

Capa de Batman #62, de 1950

Quando um criminoso de Gotham muda-se para antiga cidade de Wordenshire, onde agora temos as ruínas da Inglaterra, Batman e Robin viajam para aquela cidade e encontram suas contrapartes, Knight e Squire, dois vigilantes que eram, na verdade, um homem rico, Percy Sheldrake, e seu filho, Cyril Sheldrake, que se inspiraram na Dupla Dinâmica. Batman e Robin encontram Knight e Squire e ensinam-os melhores técnicas de combate ao crime e, nesse treinamento, que incluiu artes marciais, as duplas prendem o criminoso.

Knight e Squire

Knight e Squire

Knight e Squire

Knight e Squire

Voltaremos ao assunto, falando das versões de Knight e Squire de Grant Morrison, e falaremos também de “The Batmen of All Nations”, um clube formado por heróis que se inspiraram no Batman!

Fiquem agora com a maior banda daquela ilha que já foi um celeiro de bandas, e hoje é uma terra de escombros e baratas.